Publicado em Cinema

Análise do Cinépolis em Belém

Como todo mundo sabe ontem fomos convidados para a inauguração da rede Cinépolis em Belém.

Como todos estão ansiosos para saber como foi (já recebi até ameaça de morte para contar logo), vamos ao que interessa…

Já na subida da escada rolante avistamos a marca da empresa, que ocupa um andar somente para suas salas no Shopping Boulevard.

IMG_0241

Na entrada, fomos recepcionados pelos funcionários. Eles perguntaram se o nome estava na lista, depois disso já estávamos dentro.

O Lobby está muito bonito e bem estruturado.

IMG_0249

Enquanto estamos nos “ambientando”, o Diretor Nacional de Marketing e Programação, Paulo Pereira, veio conversar conosco. Fizemos uma entrevista com ele que você irá conferir em outro momento.

A bomboniere é grande e ampla. Além de pipoca e refrigerante, tem também hot-dog e nachos.

O preço é mais caro do que o Moviecom, porém, os tamanhos são maiores. Explico: o refrigerante pequeno é de 500ml e o grande de 1 litro!!!

Tirei umas fotos para vocês olharem os “combos”. É só clicar para ampliar

IMG_0243IMG_0242

Enquanto a sessão não começava, garçons ficavam distribuindo refrigerantes, pipocas e nachos.

IMG_0244

Do lado havia um espaço mais reservado, chamado Cofee Tree, onde são vendidos cafés, smoothies, sanduiches light e outras coisas do gênero…IMG_0245

IMG_0246

Mas o que me surpreendeu foi a quantidade de guichês de venda de ingresso. Apenas 5 + 2 terminais de auto-atendimento (sendo que um terminal ainda não chegou).

Eu particularmente achei pouco. Já prevejo filas enormes iguais ao do Moviecom. Ou então eles tem que fazer um atendimento bem rápido e eficiente.

IMG_0248

Depois de um bom atraso, fomos chamados para a sala 04, onde foi exibido Avatar 3D (a versão especial).

Na entrada recebíamos o óculos 3D. Era diferente dos óculos do Moviecom. Ele vinha embalado em um saco plástico e parecia de brinquedo. Leve e frágil, não ficava firme no rosto e caia toda hora. Não é tão confortável para quem usa óculos de grau, que é o meu caso.

IMG_0250

Em relação as salas de cinema, UAU!

Grandes e confortáveis, com poltronas que reclinam e são do tipo “love-seat” (aquelas que levantam o braço para ficar abraçadinho…)

O som estava ESPETACULAR! A imagem então nem se fala!

Acho que finalmente teremos um cinema com a qualidade atual padrão.

Quem quiser conferir de perto, dia 22/10 já está aberto para o publico.

Mas deixo uma dica, compre logo seu ingresso por que com certeza irá dar Sessão Lotada!

Anúncios
Publicado em Cinema

Cinépolis em Belém!

cinepolislogoFinalmente Belém ganhará mais uma opção de lazer.

A rede Cinépolis está chegando na cidade das mangueiras para alegria de muitos.

Está confirmada para esta sexta-feira (22/10/2010) a inauguração do segundo complexo da maior exibidora da América Latina. E hoje, 20/10, o Sessão Lotada recebeu um convite da rede Cinépolis para participar da festa de lançamento das 7 Salas, sendo duas 3D.

A rede chega trazendo algumas novidades para os paraenses, como o Coffee Tree, espaço reservado para cafés e alimentos gourmet, pipocas doce, light, além da tradicional, hot-dog´s, crepes, baguetes, batatas-fritas, frapés, smoothies, cafés, entre outras novidades. Parece ser bom, não é?

Originalmente, Belém deveria ser a primeira capital brasileira a receber os cinemas da rede. Mas Ribeirão Preto, SP, passou na nossa frente.

Eles liberaram também o valor dos ingressos que você pode ver no quadro comparativo abaixo:

Sala Normal

cinepolis

Sala 3D

cinepolis3d

Bem, como hoje estarei na abertura oficial da Rede Cinépolis em Belém, amanhã retorno com mais novidades sobre as salas, atendimento, bomboniere e outras coisas…

Publicado em Cinema

O (tão aguardado) Moviecom…

Bem, cheguei agora do Moviecom Iguatemi.

Vamos dividir está “análise” em duas etapas, o antes e o durante do filme.

Antes:

Logo na entrada dá para ver que a decoração está bonita, com um destaque para o teto estrelado (lá você entenderá).

O hall de entrada é bem menor do que o Moviecom Castanheira, com certeza nos finais de semana aqui será intransitável!

Quando entrei na fila, percebi que de 5 caixas, apenas 2 estavam funcionando. A fila praticamente não andava. Conforme foi chegando a minha vez, pude perceber o que estava acontecendo. O sistema estava fora do ar (desde da tarde) e estavam fazendo a venda manual, ou seja, com um papel de convite e no verso a sessão e a sala do filme.

Essa etapa da compra foi bastante estressante! As atendentes não estão bem treinadas, parece que elas tiveram um treinamento “flash” e as colocaram para trabalhar (isso sem contar o mal humor sempre presente).

Minha esposa não tem meia entrada, então utilizamos o cartão E-zip (um programa de fidelidade do Moviecom, onde se compra o ingresso mais barato e ganha pontos no programa fidelidade), e a atendente (mal humorada) informou que não poderia vender o ingresso pelo E-zip pois o sistema estava fora do ar, então teria que pagar o preço cheiro o ingresso. Bate boca daqui, discute dali e a gerente (sim, tiveram que chamar a gerente) autorizou a venda pelo E-zip.

Depois da atendente se acalmar, entreguei meu cartão de débito para pagar os ingressos. “Senhor, não estamos aceitando cartão no momento!”, mais um estresse. Sorte que tinha acabado de sacar dinheiro no caixa eletrônico. Os ingressos deram R$ 16,00 e dei uma nota de R$ 20,00. Na maior cara-de-pau, a atendente fala assim mesmo “Senhor, pera que terei que arranjar um troco pra te dar”. Encerrando com chave de ouro o atendimento com excelência! (O troco demorou 10 minutos para “aparecer”)

Depois do estresse todo (foi bem pior “ao vivo”) fomos comprar pipoca e refrigerante. Não tinha fila então cheguei e fiz o pedido. A moça demorou uns 5 minutos para falar quanto era e mais 5 para dar o troco. Isso sem contar que faltava tudo, até a tampa dos copos.

Agora vamos falar do durante:

Entrando no cinema, pude perceber que as poltronas são maiores do que o do Castanheira, lembra muito poltrona de ônibus executivo (ainda tem aquela “capinha” com o patrocínio da Visão), e percebi que as fileiras são bem mais altas, dando uma visão melhor da tela.

Apesar de ter informado que o braço da cadeira levanta, a sala onde estava não levantava (sala 4).

A qualidade da imagem estava boa, o som não. Tinha um zumbido constante, mas pela metade do filme o meu ouvido acabou se acostumando a isso.

E foi essa a minha (não muito feliz) idao ao novo Moviecom Iguatemi.

O terminal de auto atendimento ainda não esta lá, ainda não estão marcando lugar, ainda não aceitam cartão (débido e crédito), ainda não estão bem treinados e ainda não deveriam ter aberto ainda.

Ah, fui ver o Fim dos Tempos, de M. Night Shyamalan, mas isso é pra outro post.

Publicado em Cinema

Novo Moviecom estréia em Belém

Depois de (muito) aguardar a estréia das novas salas de cinema do Moviecom, finalmente foi marcado para o dia 17 (terça-feira) às 20:30 e com uma sessão surpresa às 21:30.

O público só poderá ter acesso a partir de quarta-feira (18/06).

No site do Moviecom já consta a praça Belém para consulta dos filmes que estão passando lá.

O Moviecom Belém fica localizado no Shopping Belém Iguatemi. Cinco salas stadium, tecnologia de som Dolby Digital / som Dolby Stereo. Previsto ingressos com poltronas numeradas, terminal de auto atendimento, tecnologia de projeção Digital, bomboniere e muito mais.

Acho que o terminal de auto atendimento foi uma escolha muito sábia! Assim as filas para comprar ingressos diminuem consideravelmente. Mas acredito que o terminal será somente para vendas no cartão de débito ou crédito (como ocorrem em outras cidades).

Agora uma outra notícia que vi com bons olhos é a possibilidade de comprar ingresso com lugar marcado. Ainda não sei como isso funcionará nem como será feito o controle disso, mas se as pessoas respeitarem e forem educadas (e civilizadas), não teremos nenhum problema com isso.

Até o momento não foi revelado quais filmes estarão disponíveis na estréia.

Mas eu sei que o ingresso será R$2,00 mais caro do que é cobrado no Moviecom Castanheira.

Mas qualquer informação eu aviso aqui!

Publicado em Cinema

Azul em Belém

Todos sabem (pelo menos os que lêem o blog) que o Blu-Ray ganhou a disputa do novo padrao de filmes em alta definição.

Agora, acho que poucos sabem, em Belém a Fox Vídeo já está comercializando filmes em Blu-Ray!

Por enquanto o acervo nem se compara ao de DVD, mas isso é normal, ainda não temos muitos títulos em Blu-Ray no mercado, mas é questão de tempo…

Quem quiser dar uma olha nos filmes é só clicar aqui

Lembrando que para ver filmes Blu-Ray você precisa de um leitor que suporte este formato! Leitor normal de DVD não lê o formato Blu-Ray

Abraços

Publicado em Cinema

Afoga logo essa mulher!


– Antes de começar gostaria de agradecer à todas as (4) pessoas que mandaram recados e e-mail dando uma força para o Blog. Valeu mesmo! –

Bem, agora vamos ao que interessa, o bendito filme do dia. Bendito é até uma expressão meio dúbia para o título do filme. A Dama na Água. Entendeu por que bendito? Bendito… Água Benta… Dama na Água… enfim, valeu a tentativa…

Ontem a noite estava prestes a dormir e resolvi fazer um cooper de dedo, ou a famosa zapeada pelos canais, e quando o sono já tinha batido na porta e já tava até sentado no sofa, veio a chamada da HBO “a seguir, a Dama na Água”, como ainda não tinha visto o filme, resolvi fazer um esforço e assistir o (bendito) filme.
Vamos fazer um resumo do filme para depois falarmos (mal) dele.

O filme começa com uma introdução sobre uns seres (narfs) que vivem na água e se comunicam com os humanos, mas aí os humanos não querem mais saber deles, então sem os conselhos dos narfs, os humanos vivem em guerra (resumo do resumo).

Nos dias de hoje, uma narf (a tal dama na água) chamada Story (Bryce Dallas Howard, a cega de A Vila) aparece na piscina de um condomínio e muda a vida do zelador Cleveland (Paul Giamatti, de Sideways), que até então era um “simples” zelador.

O filme desenrola uma história absurda, e o mais absurdo é que todos no filme parecem aceitar que Story é um ser de outro mundo que tem uma missão na terra. O filme chega ao ponto onde uma das personagens diz “Eu quero ser criança novamente! Quero acreditar que isso pode acontecer” Ahhhhhh, então vá ver filme dos trapalhões…

Quem viu o Sexto Sentido (ainda existe alguém que não tenha visto?) vai se decepcionar com a direção de M. Night Shyamalan, que agora (também) ataca (novamente) de ator. Shyamalan já havia feito algumas participações em Sexto Sentido, A Vila, Corpo Fechado, mas nada que demorasse muito na tela. Agora ele é um dos personagens principal.

Pontos Fortes do Filme:
– Bryce Dallas Howard com pouca roupa;
– O filme tem menos de 2 horas;
– O cão-folhagem é bem feito;

Pontos Fracos do Filme:
– Paul Giamatti faz um gago que parece mudo, e não gago;
– História (muiiiiito) fraca;
– O filme acaba de uma hora para outra;
– Shyamalan (pensando que está) atuando;
– Muitos personagens são apresentados e pouco explorados;

Enfim, essa foi um “Que Filme é Esse?” A resposta? É aquele que dá vontade de afogar a mulher!

Obs.: Já se inscreveu para receber as atualizações do site? Não!??! Então Clique Aqui!